Atendimento via chat
Atendimento via chat


Novos Olhares na Metodologia Científica atrai acadêmicos de todo o país

O Projeto Novos Olhares na Metodologia Científica, desenvolvido pelo Programa de Pós-graduação da Universidade de Marília (Unimar), tem como objetivo apresentar as metodologias da pesquisa para auxiliar acadêmicos do curso de graduação, mestrado e doutorado em Direito, chega a quarta semana registrando grande adesão de estudantes marilienses e várias cidades do país.

Segundo o Coordenador do Projeto, o docente Dr. Valter Moura do Carmo, o objetivo do Projeto é ensinar todos os métodos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas. “O Projeto foi desenvolvido para que os alunos e ex-alunos da disciplina de metodologias da pesquisa científica tivessem maior aprofundamento a respeito de todos os tipos de métodos que são empregados na área do Direito. A ideia é trabalhar não apenas com métodos tradicionalmente empregados, mas sim com outros mais comuns em outras áreas do conhecimento”, explica.

De acordo com o também Coordenador do Projeto, o docente Dr. Carlos Bitencourt Jorge, as aulas irão fortalecer ainda mais as atividades acadêmicas. “Não se faz ciência sem metodologia. Este aprofundamento torna-se fundamental, porque trabalhar com pesquisa é esta aplicação de metodologia compreensivo a todos. Sem contar que, mesmo não atuando na parte acadêmica ou científica, conhecer os métodos estrutura muito mais o raciocínio, ajudando a delimitar e construir serviços e também a produção de textos”, exemplifica.

O “Novos Olhares na Metodologia Científica” chega a quarta semana. A abertura foi realizada pelo Coordenador do Programa de mestrado e Doutorado da Unimar, Dr. Jonathan Vitta, com debate sobre os “Métodos, sistema de referência e Direito”. A segunda palestrante mestre e Doutora em Direito pela UFSC e Diretora Científica do INASP, heloísa Medeiros, que abordou o “Plágio Acadêmico”.

Na última semana, o tema abordado foi o “Método Indutivo”, apresentado pelo Coordenador do Mestrado em Direitos Humanos da Universidad Internacional de La Rioja (UNIR) e Diretor da revista jurídica espanhola “Cadernos de Direito Actual”, Rubén Miranda Gonçalves, que desempenha também importante papel da Internacionalização do curso de Direito da Unimar, com participação no artigo “Teoria dos jogos e acordo de leniência na lei anticorrupção brasileira”, em parceria com o Dr. Valter e o acadêmico João Pedro Ceren.

Para ele, participar deste projeto inovador que reuniu mais de mil pessoas de todo país, foi uma experiência maravilhosa. “Ser capaz de transmitir conhecimentos a tantas pessoas é sempre muito enriquecedor para qualquer professor. Além disso, vários estudantes contactaram-me para agradecer por ter esclarecido as suas dúvidas, pois estavam perdidos e não sabiam qual o método a seguir para fazer o seu trabalho. As minhas sinceras felicitações por este projeto que, sem dúvida, ajudará muitos alunos a identificar correctamente o método científico a seguir na sua investigação”, ressalta Miranda.

Ainda segundo Rúben, o Projeto também ressalta a importância do estudo ao Direito. “É fundamental apresentar a comunidade científica que se dedica ao estudo do direito, porque a nossa área também é ciência. Há uma falsa crença de que o direito não é ciência, pois parece que é apenas matemática, biologia, física, etc. O direito é ciência e, ao estudá-lo, há muitos métodos científicos que podem ser aplicados. No meu caso, expliquei aos nossos alunos o método indutivo, mas existem outros: dedutivo, hipotético dedutivo”, complementa.

O projeto inovador “Novos Olhares na Metodologia Científica” vêm atraindo grande público, na última edição mais de mil pessoas participaram simultaneamente, entre acadêmicos e docentes da Unimar e de outras Instituições de Ensino. Um deles, era o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Coordenador Adjunto de Programas Acadêmicos da Área de Direito da CAPES-MEC, Dr. Felipe Chiarello.

Para ele, o projeto é uma inovação que demonstra a qualidade da formação da Universidade de Marília. “É um projeto fundamental. Este caráter inovador mostra o quanto a Universidade está protagonizando os novos meios de tecnologia da informação. Eu já conhecia a professora Heloísa, que palestrou na segunda semana, acho ela brilhante, e acredito que a aproximação entre aluno e professor, com estas novas formas de metodologias ativas essencial para a educação jurídica do país”, enfatiza.

As palestras são realizadas todas às quartas-feiras, a partir das 18h, com a participação de um renomado pesquisador. Nesta semana, dia 13 de maio, a palestra será do Docente do mestrado em Direito da UNI7 e editor de periódicos, Dr. Álisson José Maia Melo, que irá abordar o tema “método dedutivo”. A videoaula será transmitida pelo canal do Youtube PPGD da Unimar.

12/05/2020

Mude seu curso para a UNIMAR

e tenha vantagens

Fale com a Unimar

Av Higyno Muzzy Filho, 1001
Marília/SP - CEP 17.525-902

falecom@unimar.br

(14) 2105-4000